Como fazer Pontilhismo

Muitas pessoas andaram pedindo, então vou abordar um pouco mais sobre a técnica do Pontilhismo.

Dentre muitas técnicas utilizadas por desenhistas em seus projetos, o pontilhismo destaca-se pela forma “curiosa” de como ela é aplicada. É evidente perceber que esse tipo de desenho chama a atenção das pessoas que o observa.

Como fazer pontilhismo é a técnica a ser aprendida neste post. Porém, vamos saber primeiro onde nasceu essa ferramenta que encontramos aplicadas em algumas obras de arte espalhadas pelo mundo. Em seguida, veremos como aplicá-la as nossas necessidades.

Como fazer pontilhismo

Um breve Contexto Histórico sobre pontilhismo

Presente na arte desde o Séc. XIX, quando surgiu na França, a técnica do pontilhismo se baseia na reunião de pontos com o objetivo de formar uma cena qualquer. Esta técnica exige conceitos, a depender, básicos ou não, e sobretudo paciência de quem executa.

Logo, se você se encaixa no perfil “ista”: desenhista, detalhista/perfeccionista vale muito a pena sacrificar algumas horas do seu tempo para aplicar o pontilhismo em seus desenhos.

Portanto, vamos seguir com algumas dicas de como fazer pontilhismo em seus desenhos.

Separe materiais adequados para serem utilizados

Partindo dos materiais básicos usados em todo tipo de desenho (lápis, papel sulfite e borracha), há quem faz bastante uso da caneta nanquim para marcar os pontos no desenho.

Sem dúvida, o uso da caneta nanquim é a melhor opção para aplicação do pontilhismo, porém você pode optar pelas lapiseiras grafites. A opção Preto e Branco ou Colorido vai depender de cada situação, cabe ao desenhista optar entre o uso de um ou outro.

aplicação do pontilhismo

Praticando a técnica de pontilhismo no desenho

Partindo um pouco para a prática de como fazer o pontilhismo, veja os passos básicos para começar a executar o seu desenho aplicando essa técnica que reúne os pontos:

  • Primeiro, escolha imagem que queira recriar ou crie você mesmo um desenho qualquer, com linhas suaves e sem muitos detalhes;
  • Busque definir os pontos de iluminação e os locais onde o objeto apresenta mais sombras;
  • Comece a técnica nos contornos do desenho;
  • Observando a imagem original, aplique os pontos suaves nos locais onde é necessário. Você pode começar pelos lugares onde a sombra no desenho seja menos densa.
  • Enquanto executa o desenho, procure ter cuidado para que os pontos não se tornem traços. Mesmo os pontos se encontrando nos locais de maior densidade, os mesmos devem continuar sendo pontos e não linhas, caso isso ocorra, entende-se que a técnica não foi executada da maneira correta.

Busque o foco nos elementos principais

Podemos dizer que o pontilhismo substitui as técnicas convencionais de sombreamento, pois na prática, causa o mesmo efeito de volume e realismo. Sabe-se também, que o uso de sombras, principalmente nos desenhos artísticos, tem a função de destacar os elementos principais da imagem.

Sob o mesmo ponto de vista, procure enfatizar estes principais elementos que enriquece os detalhes da imagem quando for fazer o pontilhismo.

Buscando o realismo

Certamente, o realismo é o que mais interessa aos desenhistas e no pontilhismo não é diferente.

Uma dica é buscar fazer pontilhados mais finos, pois estes dão a impressão de realismo no desenho. Se de fato for essa a finalidade, utilize as pontas de grafites 03 e 05; estas são as mais ideais.

Pratique a técnica do pontilhismo com este simples exercício

Para finalizar, dedique um pouco do seu tempo neste exercício.

Bem básico, consiste-se em desenhar um cubo com traços bem leves.  O ponto de iluminação será no centro do cubo que projetará uma figura esférica quando estiver acabado o desenho. Nas extremidades, distribuiremos os pontos que terão maior densidade, ou seja, onde a sombra se torna intensa.

Este é o resultado que se deve obter ao terminar este exercício:

em desenhar um cubo com traços bem leves

Caso não consiga essa imagem na primeira tentativa, tente executá-la novamente. Pode parecer cansativo fazer pontilhismo pelo fato de principalmente exigir paciência, mas a perseverança do desenhista é que fará com que o domínio da técnica seja alcançado de forma mais rápida.

Considerações finais

Vimos até aqui que o pontilhismo é uma técnica bastante interessante e que deve ser inserida no portfólio de todo desenhista, principalmente pelo fato de ser uma das ferramentas de desenho que chamam a atenção de quem o observa.

Passando pelo contexto histórico de que foi uma técnica desenvolvida na França no final do século XIX, pelos artistas plásticos Paul Signac e Georges Seurat, também vimos que o pontilhismo, quando bem executado, nos possibilita formas volumétricas e realistas.

Faça o uso dessa ferramenta e deixe seus desenhos cada vez mais profissionais. Procure seguir à risca todas as dicas que foram cedidas neste post e compartilhe o conhecimento com outros desenhistas.

E então, o que achou deste post? Já conhecia a técnica do pontilhismo? Pretende aplicá-la em seus futuros projetos?

Deixe aqui seu comentário com a sua opinião e nos diga também se achou que algum detalhe passou despercebido.

O seu feedback é muito importante para a continuação deste projeto.

Um grande abraço.

Até o próximo post!

Quer saber mais sobre o assunto? Clique na imagem abaixo, lá existe um vídeo com uma dica bem legal para você.

Ebook - O Segredo de Como Ganhar Dinheiro Como Desenhista

Marcos Jordão

Marcos Jordão

Tenho como Hobby o Desenho, e depois de muito estudo resolvi compartilhar tudo que aprendi para ajudar a você também melhorar como você desenha.

Website: http://www.dicascomodesenharbem.com.br/contato/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *