05 técnicas para iniciantes, comece hoje mesmo!

O desenho está presente em nossas vidas desde muito cedo. Isso por que, ainda pequenos, descobrimos o grande prazer de rabiscar folhas de papel em branco deixando apenas que a imaginação trace as linhas desejadas, como que por conta própria.

Algumas pessoas costumam dizer que saber desenhar é um Dom. Outros dizem que é pura Técnica e há quem diga que é a união das duas. Claro que, para alcançar resultados surpreendentes, o desenhista precisa ser esforçado e fazer o uso de algumas técnicas específicas.

Entretanto, se você ainda está no primeiro estágio, ou seja, ainda é iniciante e deseja aprender algumas técnicas, esse post será de grande valia.

técnicas para iniciantes

Confira agora 05 Técnicas Para Iniciantes e comece hoje mesmo a dominar a arte de desenhar.

1 – Desenhe Figuras Geométricas

O exercício com os desenhos geométricos permitirá ao iniciante buscar linhas retas a mão livre.

De início, veja essas dicas:

  • Tente desenhar um quadrado a olho nu até que consiga fazer com que todos os lados saiam bem precisos, do mesmo tamanho.
  • Faça duas linhas cortando o quadrado na diagonal, outra linha na horizontal o dividindo ao meio e outra linha na vertical, também o dividindo ao meio.
  • Em seguida, “corte” as diagonais que vão do centro do quadrado até os seus vértices em três partes iguais e desenhe um círculo passando pela primeira divisão dessas diagonais.

Não fique só nos desenhos planos, aprenda a técnica dos desenhos perspectivos

Os desenhos em perspectivas são ótimas ferramentas que darão mais técnicas para o iniciante em desenho.

Mesmo sabendo que o domínio do desenho se resume em basicamente três formas: o cubo, o cilindro e a esfera. A pirâmide, o cone e o paralelepípedo ajudam muito nos desenhos em perspectiva.

Por exemplo: um círculo pode ser transformado num oval achatado que nos possibilita a esboçar um prato. Ou um cubo no paralelepípedo de onde se obtém os desenhos de uma casa.

2 – Construção básicas das formas

Esta técnica consiste em identificar as formas dos sólidos básicas que um determinado objeto compõe; por exemplo: uma xícara pode ser desenhada com elipses e círculos. Há casos em que as formas dos sólidos básicos são combinadas, resultando em formas mais complexas.

O segredo desta técnica para iniciantes no desenho, é aprender a enxergar e distinguir como as formas mais simples estão ali presentes dando base ao objeto analisado.

3 – Técnicas para composição

É importante que os novos desenhistas aprendam a técnica de composição em seus desenhos, pois bem aplicada, a composição atrai o observador fazendo com que ele fique entretido por um bom tempo.

Uma técnica usada nesta etapa é a Regra dos Terços, que consiste determinar pontos no quadro que tem como função criar “focos de atenção” na imagem.

Na composição, quando os elementos são bem distribuídos em toda imagem, faz com que o observador viaje pelas formas, linhas, texturas, tons e ritmos. Um ponto importante é que a imagem precisa de um local de “descanso da visão” da pessoa que está observando, que logo em seguida, retorna sua viagem por todos os elementos do desenho passando pelas suas principais composições.

4 – Luz, Sombra e Texturas

Apliquem as técnicas de luz, sombra e textura em figuras simples e um foco de luz já definido.

O círculo é uma das melhores figuras geométricas para aplicar essas técnicas, pois a partir dele, aplicando sombras escuras em suas bordas, surgirá a esfera. Logo em seguida, o desenhista trabalha nos contrastes das sombras, partindo do mais escuro para o mais claro criando um gradiente de cor – mesmo que em preto e branco – formando uma transição suave entre elas.

Procure encontrar caminhos fáceis para aplicar essas técnicas para iniciantes. Escolha objetos menos elaborados e texturas mais evidentes. Busque também utilizar melhor o espaço fazendo composições mais simples.

5 – Iluminação

Uma das mais importantes técnicas para iniciantes, a iluminação merece destaque do desenhista.

Ao desenvolver os seus desenhos aplicando as técnicas de iluminação, procure utilizar uma fonte de luz ampla, que não seja tão intensa para não haver variações de tons no sombreado. Uma boa escolha é a luz natural vinda da janela.

Veja abaixo algumas dicas de iluminação para desenho:

  • No desenho, faça um esboço rápido para delimitar as áreas de luz e as sombras
  • Se estiver desenhando um modelo, utilize uma placa de isopor e ponha ao lado para que a luz incida na placa e reflita no modelo.
  • Procure evitar iluminação fraca para que não seja projetada sombras escuras no modelo.

Apesar de abordarmos técnicas para iniciantes, engana-se quem pensa que o simples não gera resultados; pelo contrário, muitos são aqueles que desenvolvem obras incríveis utilizando essas e/ou como essas técnicas essas trazidas para este artigo. Logo, aproveite bem as dicas de hoje e comece a se tornar o grande artista de amanhã.

E então, o que achou deste post? Conhece alguma técnica que não foi colocada no artigo e você acha que merece destaque? Deixe aqui seu comentário nos mostrando sua opinião. Aproveite e compartilhe com seus amigos.

Até o próximo post!

Quer saber mais sobre o assunto? Clique na imagem abaixo, lá existe um vídeo com uma dica bem legal para você.

Ebook - O Segredo de Como Ganhar Dinheiro Como Desenhista

Marcos Jordão

Marcos Jordão

Tenho como Hobby o Desenho, e depois de muito estudo resolvi compartilhar tudo que aprendi para ajudar a você também melhorar como você desenha.

Website: http://www.dicascomodesenharbem.com.br/contato/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *